Café da manhã em Santa Cruz e chegando em São Francisco!

DSC_0375

Santa Cruz

Chegamos cedo em Santa Cruz, tava meio frio, e a cidade bem tranquila. Passando de carro pela cidade vimos o super parque de diversões que tem lá em frente a praia, e acabamos por parar no pier para um café da manhã típico americano.

E adivinha o que tinha no pier?! Um monte de leões marinhos fazendo um barulho só! Eles ficam lá dando uns mergulhos e se comunicando.  Se no Hawaii só se vê tartaruga, a Califórnia é a casa dos leões e elefantes marinhos!

DSC_0385DSC_0383

 

Continuamos pela Highway 1 (PCH) rumo a São Francisco, mas o que eu mais gosto de viajar de carro, é poder viajar sem pressa. Ainda mais em um lugar desses, então o que a gente mais faz é parar o carro pra dar uma espiada nos lugares, tirar fotos e flanar um pouco. Paramos em um farol, o farol de Pigeon point, que está desativado. Tem até uma campanha para recuperação do farol. Logo ali ao lado do farol tem um Albergue bem simples, mas me pareceu super aconchegante, principalmente por estar de cara com o mar em um ambiente mais do que tranquilo.

DSC_0407

DSC_0395

 

 

 

 

 

 

 

 

Saímos de Pigeon Point em direção a São Francisco, a partir desse caminho a estrada já não tem tantas belezas naturais. O cenário muda, e agente só consegue visualizar a urbanização chegando.

DSC_0408

 

São Francisco

DSC_0424

E aí depois da estrada, chegamos em São Francisco! Nem acreditava que já estavamos lá! Estava passando tudo tão rápido. Nossa reserva era no hotel Pickwick na Union Square. Seguindo em direção a Union Square uma das primeiras coisas que vimos foi o tal do bondinho! É de um charme só essa cidade!

Lombard Street

Resolvemos já passar logo na Lombard Street, a Lombard Street é super famosa, pois é aquela rua toda torta em zigue zague. Ela foi projetada para evitar os 27 degraus que descia a colina, permitindo também o tráfego de automóveis.  Então, descemos ela de carro! 🙂
Logo que estávamos chegando na Lombard Street ouviamos uns barulhos muito altos, ensurdecedor. Eram jatos! Jatos dos Blue Angels! É tipo a esquadrilha da fumaça da força aérea americana!
Chegamos bem na semana de comemoração que reúnem US Marines, US Navy e US Coast Guard, essa semana é conhecida como Fleet Week.
Sério, é muito louco assistir as demonstrações aéreas dos Blue Angels, além de diversos aviões desfilando pelos céus, como por exemplo o famoso B-2 Stealth. Esse bombardeiro é muito silencioso, e para enxergar de longe quando visto na horizontal é bem complicado. Ele fica bem fino nos céus, e como você não ouve barulho, quando menos se espera ele está sobrevoando sua cabeça. Por isso o nome “Stealth”.

 

DSC_0438
Nessa foto não dá pra ver a rua não é mesmo? Está aí atrás, mas como não achei uma foto boa, olhem essa aqui

Teve desfile de avião e de navios também. Diversos militares pelas ruas com suas fardas engomadas, e fazendo shows para o público na rua com a banda da marinha. Muito divertido!

A Fleet Week é bem tradicional nos Estados Unidos, nesse evento é permitido fazer passeios guiados nas embarcações militares. E para assistir as demonstrações, muitas pessoas estacionam seus carros, tiram a churrasqueira e passam o dia inteiro curtindo a festa com a família e amigos. Até achamos que estavam vendendo uns hambúrgueres, mas na verdade era só uma típica família americana! Até deu vontade de me enturmar, estávamos com uma fome essa hora. 😉

 

DSC_0462

Assim que deixamos o carro no hotel saímos para curtir a cidade de bonde! Sim, queríamos andar de bonde pelo sobe e desce de São Franciso. A parada é muito legal, e cara! Foram U$6,00 por pessoa para ir de bonde da Union Square até a parada final na praça Ghirardelli. Essa linha é mais turística do que eficiente, pois existem diversos outros bondes (trolleys) que transitam pela cidade e tem linhas interligadas pela cidade inteira, ou seja, linhas de bonde, ônibus e metro tudo de fácil acesso.

Aliás, evitar andar de carro por São Francisco é a melhor coisa a se fazer. Os estacionamentos são muito caros, cerca de $30,00 o período de 12 horas. Dificilmente no hotel o estacionamento está incluído, e quando você sai de carro, é complicado achar parquímetros de mais de 2 horas disponíveis. Vale mesmo é utilizar o transporte público.

Aluguel de bicicleta

Em San Fran tem bastante coisa pra fazer, uma delas é atravessar a Golden Gate de bicicleta. Dá pra fazer um passeio turístico de bicicleta tranquilamente, pois apesar do sobe e desce da cidade, existe uma rota mesmo para os menos preparados. Mas, nós passamos! Tava frio e nem estávamos a fim de pedalar vários kilometros. Dica: Tenha agasalho em mãos!

Ao invés disso, aproveitamos alguns eventos da Fleet Week, e conhecemos uma padaria muito legal chamada Boudin Bakery, onde os padeiros fazem pães para que todos possam ver. São formatos de crocodilos, carangueijos, ursos e o que a imaginação deixar.

DSC_0453

DSC_0448

Ela existe desde 1849 e faz parte da história de São Francisco. Para saber mais sobre a história da família Boudin é possível visitar o museu e fazer um tour pela padaria.

DSC_0456 DSC_0447

Para fechar o dia, aguardamos o bonde turístico para voltar a Union Square. Parados ali na fila e um vento muito frio, vimos um rato pra lá e pra cá, pulando de uma lixeira e outra tipo rato-aranha. Foi engraçado, mas deu uma impressão de que a cidade era meio suja. Mas acho que foi só uma impressão momentânea, porque andando pela cidade era tudo muito limpo e organizado. Sujeira existe em qualquer cidade grande, só que em algumas ficam mais escondidas.

DSC_0484DSC_0481

A primeira impressão de São Francisco foi ótima. Lugar que definitivamente se deve conhecer na Califórnia.