Acelerando supercarros a 300 km/h em Las Vegas Speedway!

Gimme Fuel, Gimme Fire, Gimme that wich I desiiiire!!!!!!

E assim começa mais uma etapa de nossa trip pela terra do tio Sam! Com muita adrenalina, cheiro de gasolina e roncos de supermotores!

Imagina a sensação antes de entrar nessas máquinas. Só o fato de saber que eu estava prestes a pisar fundo naquelas belezinhas italianas já me dava um frio na barriga. Ansiedade total!

Exotics Racing School

A chegada na Exotics Racing foi tranquila, sem carros a vista. Era o primeiro horário, então tinha pouca gente, porém depois de alguns minutos eu já pude ver uma linda Lamborghini laranja no meu campo de visão chegando… Era a Superleggera, linda, com aquele ronco que impressiona.

Cada vez mais frenético, eu não via a hora de poder ver todos aqueles carros. E então começou a chegar um de cada vez, parando um ao lado do outro como em uma exposição. Só que ali não era tipo salão do automóvel que você apenas sonha, ali era pra chegar perto, entrar e … acelerar!!

Posso ficar com todas??

Lamborghini Superleggera

Minha reserva era pra pilotar dois carros, a Ferrrari italiana 458 e a Lamborghini Aventador. Porém a Aventador teve problemas mecânicos e eu tive de escolher outra. Me avisaram por e-mail antes, apesar da tentativa de falar por telefone, e só vi um dia antes. Tudo bem, isso não seria um problema, acabou que aumentou meu número de voltas na pista por isso. 🙂 Uuuuhhh que chato!

Hora do briefing, explicações de direção para todos os presentes. Empolgando a galera que queria acelerar na pista o máximo que pudesse. E o aviso ao pessoal que não seria a mesma coisa que jogar PS3! hahaha

Tivemos uma volta de reconhecimento em uma Touareg, primeira volta tranquila, com as explicações do instrutor, segunda volta acelerando a Touareg na pista… e foi demais! E se aquela volta de Touareg foi bem divertida, imagine de Ferrari! Só serviu pra atiçar e começar a bombar um pouco de adrenalina no corpo!!

Ok, vamos ao que interessa! Primeiro supercarro: Ferrari 458 Italia

Ferrari 458 Italia

Entrei na vermelhinha, feliz igual pinto no lixo! Tive de ficar sem capacete pois pegava no teto. Após tirar o capacete fiquei confortável, sem problemas quanto ao ajuste de banco e tal.
Lá vamos nós!

Comecei devagar entre uma curva e outra… e o instrutor dando as dicas, “break”, “gas”, “gas”… sainda da curva era “gas” Gas” “GAAAS”!  Ok então….
Cara, depois que vi qual era, acelerei, acelerei e a cada vez que ele dizia: “Gas!” Eu pisava até o limite da curva, na esperança de que ele falasse, “break” e com o c* na mão de o carro passar direto! ahahahah Sensacional! Freia, reduz, vira! PQP! O carro prega no chão!

“Adrenaline crash and crack my head!”

Ferrari… ai ai…

Mas tudo acaba.

Só que, ainda tinha a poderosa… Lamborghini Superleggera.

Lamborghini Superleggera

Eu estava empolgadaço! Agora vou detonar, já manjo tudo de pilotagem!
Entrei na super negra, apertadinha… banco ajustado, liguei o motor que até arrepiou,  sorrisão na cara e só pensava: Demorô demorô!!
E aí já posso ir?!

Essa já entrei na pista acelerando! Sem dó!
Mas a Lamborghini é bem diferente de dirigir, ela é bem dura se comparada com a Ferrari. A pegada dela é mais bruta! Acelera que é uma beleza, e a sensação é de que eu pegava velocidade muito mais rápido. No momento das curvas no momento de freiar parecia que não iria parar! E não iria mesmo! Com a Lamborghini eu tinha que freiar mais, então, nessa só percebi o lance do freio quando saí da pista! hahahha Ok! Instrutor tá ali pra isso, pra te explicar, então a dica era, freia até quase o fim e segura o pé no freio de leve inclusive até acabar a curva. Depois “gas” “gas”, “gaaaaas”!!!

“And then I burn, turning my direction, Quench my thirst with gasoliiiiine!!”

Mas, outra vez, tudo tem um fim…

Agora era a vez da Tati curtir um passeio de Lamborghini Gallardo azul, mas não um passeio qualquer, era com um piloto profissa!

O cara acelerou muuuuuito, já entra na pista com pé no chão! Foi animal! Só de olhar dava vontade de estar na pista outra vez!
A Tati me disse que com certeza seria mais legal dirigir, e eu tenho de concordar, a sensação é outra. Mas pelo vídeo dela dentro do carro, parece que curtiu muito, apesar dos gritos! hahaha Mas pra contar como foi, só ela pode dizer!

Pois é, não tem explicação, adorei pilotar aquelas belezinhas! Se quer saber como é, se curte carros e adrenalina, faça a mesma coisa. A sensação é inexplicável e só passando pela experiência. Vale cada centavo! Acelerar seu carro urbano na estrada a 200 km/h não se compara a acelerar um supercarro na pista a 300 km/h.

PS.: E se você acelera a 200 km/h na estrada, é melhor você rever seus conceitos! 😉

Pra quem tiver curiosidade e iteresse de pilotar essas belezinhas em Las Vegas, vá até o site http://www.exoticsracing.com e escolha a máquina que quiser! Só prepare o bolso! hahaha #fikdik